segunda-feira, 21 de junho de 2010

Tempo de perda


Hoje a pena me toma, por completo.
Te vejo assim, chego a sentir enjoou.
Quem acredita nessa sua cara? e no que você pronuncia?
Deus sabe quem é quem, e quais são seus intuitos.
E, não só ele, como eu, percebi que com relação a mim, são péssimos.
Tem uma beleza, mas não tem um conteúdo.
E, se ainda tem conteúdo, parte dele não me serve como agrado.
São planos de me ofender, diminuir.
Pena, volto a dizer.
Pena que você não use de minha amizade e compreensão.
Pena que você escolheu a pessoa errada pra tentar, isso que você chama de amizade(falsidade).
Pena por essa perda até hoje doer em você, por que em mim, ela não é perda e sim vitoria.
Perda de tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário