segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Mascaras


Como pode algo que era tão serio, tão verdadeiro aos meus olhos, de uma hora para outra virar algo tão falso e sujo? Não sei dizer se posso ter a consideração de apenas levar comigo as coisas boas, e nem sei se isso que tivemos foi uma amizade. Lealdade, eu prezo muito isso, e você?
Bem, o que me faz ficar mais tranquila é saber que, de uma forma ou de outra, a vida vai moldando você, essa vida vai te ensinar a ser uma mulher de verdade. O que pra mim, é digno de pena, sei que você vai sofrer, pessoas com cabeça fraca nesse mundo grande só se machucam. Mas, vai ser bom pra você, quem sabe assim você cresce...
E, crescendo, você tira essa mascara que encobre seu rosto de lobo sob a pele de um cordeiro. Você não engana mais ninguém, nem a você mesma. As mascaras caiem, as mentiras aparecem, o falar mal soa mais alto do que o falar bem. Nessas horas, a melhor coisa a fazer é se afastar, sentar no camarote e ver você crescer, assistir o show que a vida vai lhe dar.


" Pois é, não deu, deixa assim como está, sereno... "

Um comentário:

  1. Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras.
    Sou irritável e firo facilmente.
    Também sou muito calmo e perdôo logo.
    Não esqueço nunca.
    Mas há poucas coisas de que eu me lembre.
    (Clarice Lispector)
    Beijos.....

    ResponderExcluir