segunda-feira, 3 de maio de 2010

Do que preciso


Vem cá e me deixa deitar um pouco no seu peito.
Me deixa também ter o direito de ouvir você falar que me ama. Ando precisando muito disso.
Não ligue pra essa minha cara de carrasca que ando carregando, é os problemas que ando tendo comigo mesma, coisa que você não entenderia.
Precisa nem dizer muita coisa, o tal eu te amo basta... junto do seu carinho.
Meu amor, se você soubesse o quanto eu luto todos os dias por você, luto numa guerra interna.
Luto contra a desconfiança, o medo e uma tal de saudade. Três contra um.
Luto, mas feliz por saber que minha recompensa vem no final de uma longa semana...
Vem cá e deita um pouco nos meu braços, quero te sentir, sentir que você é meu.
Te namorar, te olhar quando você está destraido, ou quando está concentrado em mim.
Vem cá, diz que tá tudo bem, me jure casamento, que assim fica tudo bem...


Um comentário:

  1. Como canta Papas na Lingua:
    "...Vem pra cá..."

    Lindo!
    Bjits
    =)

    ResponderExcluir